DETECTOR DE PORNOGRAFIA AJUDA O DETETIVE VIRTUAL WANDERSON CASTILHO A IDENTIFICAR SUPOSTO CASO DE PEDOFILIA



Um menino de 12 anos no Estado do Rio de Janeiro foi vitima de um homem de 40 anos residente no Nordeste do Brasil. Através da internet, o menino recebia fotos do órgão sexual desse homem, além das mensagens eróticas e maliciosas. Esse suposto caso de pedofilia foi detectado, após o início das investigações feitas pelo detetive virtual Wanderson Castilho. Ao conectar o Detector de Pornografia no computador da criança, foi feita uma varredura na máquina e todas as fotos enviadas por esse suposto pedófilo foram detectadas. Depois do IP localizado e das imagens, agora o caso está em processo de investigação final para a punição do suposto criminoso.

O detetive virtual Wanderson Castilho explica que o Detector de Pornografia pode ser usado por também um cidadão comum para a proteção da família e também pelas empresas, pois, identifica o acesso a sites existentes na internet com conteúdos impróprios que vão contra as regras da empresa. Em formato de pendrive, ele foi criado para ser conectado a computadores com Windows XP, Vista ou Windows 7. Além disso, tem entrada USB e é de fácil utilização. A ferramenta tem 95% de precisão na varredura. A tecnologia do equipamento é bastante avançada e sua programação conta com uma complexa série de algorítimos capazes de analisar detalhes: tonalidade de peles, formas e curvaturas, imagens de rostos e partes do corpo meticulosamente divididas, entre outros aspectos diversos

Para usar o Detector de Pornografia entre no computador e em ordem para usar o Porn Detecção Stick, o usuário de deve fazer logon no computador que você deseja pesquisar. Na seqüência, conecte o produto em uma porta USB do seu computador. Se o computador não abrir automaticamente pedir-lhe para abrir o pen drive recém-inscritos. Vá para “ Meu Computador” e abra a unidade manualmente. PornDetectionStick.exe duplo clique. Depois, a pessoa verá uma lista de unidades disponíveis para pesquisa. Por padrão, a unidade C: está selecionada. Você pode escolher para expandir qualquer unidade e selecionar pastas específicas para pesquisa. Para verificar os resultados da pesquisa quando estiver concluída, clique em "Open Reports" botão. Isto irá abrir a pasta de relatórios. Selecione a pesquisa que você acabou de terminar, em seguida, selecione o suspeito ou suspeita altamente pastas para ver os resultados.

O Detector de Pornografia chega ao Brasil para coibir crimes e será vendido ao consumidor final por meio de grandes redes varejistas. “Agora é muito mais fácil incriminar culpados, monitorar a navegação de filhos e verificar se funcionários fazem uso indevido da internet no trabalho”, explica Wanderson Castilho, diretor da E-Net Security e um dos principais peritos em crimes digitais no País. No momento Wanderson Castilho negocia a chegada do aparelho no varejo por meio de redes varejistas de peso sem citar nome, mas para as pessoas que quiserem adquirir o produto é só entrar em contato pelo site ou telefone conforme abaixo.

Mais informações para a aquisição do Detector de Pornografia no Brasil cada consumidor pode entrar em contato com a empresa E-Net Security. O site é
www.e-netsecurity.com.br e o telefone é (41) 3014-3101. O preço sugerido para o consumidor final é R$ 550,00.

E-NET SECURITY: Empresa especializada em perícia digital e segurança da informação, atuante no mercado há dez anos. Sediada em Curitiba, atua nacionalmente com a distribuição de softwares voltados à proteção de dados, investigação de crimes e palestras de orientação.

WANDERSON CASTILHO: É diretor da E-Net Security Solutions, bacharel em física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e com especialização em Análise Forense Digital. Castilho recebeu, ao longo dos últimos anos, o mesmo treinamento da equipe de segurança do serviço secreto norte-americano. Desvendou mais de 400 crimes de internet - de uso inadequado de imagens e roubo de senhas a casos de pedofilia, estupro e seqüestro virtuais. É autor do Manual do Detetive Virtual (Editora Matrix). (Texto desenvolvido por Anna Karina Spedanieri para o detetive virtual Wanderson Castilho).


Após a veiculação do release acima, abaixo temos dois exemplos de inserção na imprensa


Mais Você - TV Globo

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1175712-7822-PREVINASE+DE+GOLPES+NA+INTERNET,00.html


Reportagem Programa do Jô
http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1176323-7822-WANDERSON+CASTILHO+E+PERITO+EM+CRIMES+DIGITAIS,00.html

Postagens mais visitadas deste blog

FINANÇAS PESSOAIS: CINCO SINAIS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM 2020

DEMANDA POR SMARTLOCKERS CRESCE 30% NA LOGÍSTICA DO E-COMMERCE

Coronavírus: como as decisões dos governos afetam nosso bolso?