Fundação Vanzolini programa novos cursos na área de sustentabilidade


A instituição de ensino prevê novidades ainda para este ano

AGOSTO/2011 - A Fundação Vanzolini (www.vanzolini.org.br), instituição que atua na área educacional há mais de 40 anos, vem intensificando o desenvolvimento de novos cursos voltados à sustentabilidade ambiental. Segundo o diretor de Educação da Fundação Vanzolini, Renato de Oliveira Moraes, até o final deste ano, serão lançados cursos de educação para a sustentabilidade nos processos produtivos em diferentes ramos do mercado.

O período é de transição e esse tema deixou de ser apenas um assunto para ser debatido e passou a ser um processo de realização. Para Moraes, existe uma tendência que considera o ciclo de vida dos produtos e o impacto das atividades. "Os profissionais estão em busca de capacitação para atender as expectativas e necessidades das empresas nas quais atuam em relação a este assunto”, afirma.
Segundo Moraes, apesar dos avanços no setor produtivo, ainda existe a falta de conhecimento sobre técnicas e processos produtivos sustentáveis. “Por isso, a capacitação de profissionais para atender a essa demanda deve ter um aumento significativo nos próximos anos. Produtos e processos que utilizam menos água, energia e materiais ou geram menos resíduos, alinhados à qualidade e à eficiência seguirão como tendência no País devido aos problemas que enfrentamos de escassez global de recursos naturais e poluição desenfreada“, destaca.
Atualmente, a Fundação Vanzolini conta com três cursos, para os setores industrial, da construção civil, arquitetura e design; eletrodomésticos e petroquímico, principalmente. São eles: Sustentabilidade na Cadeia Produtiva; cursos AQUA (Alta Qualidade Ambiental das Construções); e Ecodesign - Design e Inovação para a Sustentabilidade Ambiental. Todos eles são indicados para profissionais com cargos de média gerência, que necessitam adequar processos internos e desenvolver produtos com menor impacto ambiental.

Postagens mais visitadas deste blog

FINANÇAS PESSOAIS: CINCO SINAIS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM 2020

DEMANDA POR SMARTLOCKERS CRESCE 30% NA LOGÍSTICA DO E-COMMERCE

Coronavírus: como as decisões dos governos afetam nosso bolso?