Franquias Brasil X Japão

Depois da China e Estados Unidos, o Japão é um dos maiores mercados de franquias do mundo, com faturamento de US$ 240 bilhões e cerca de 260 mil lojas. Pelo quinto ano consecutivo, o número de franquias japonesas cresceu em 2014, como aponta a Japan Franchise Association (JFA) atingindo 1.321 marcas, 1,3% mais do que no ano anterior. Desse total, o número de unidades chegou a 259.124, com crescimento de 2,6%, especialmente nas áreas de lojas de conveniência, alimentação fora do lar e serviços. Por aqui, o setor, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), fechou o ano de 2015 com 3.073 marcas, um incremento de 4,3% em relação a 2014. Juntas, elas somam 138.343 unidades, resultando em uma expansão de 10,1% e faturamento de R$ 139.593 bilhões (cerca de US$ 40 bilhões). Atualmente 134 redes brasileiras operam no exterior. No Japão estão apenas as escolas de idiomas Fisk, CCAA e Wizard, a Truss Cosmetics e a Fábrica Di Chocolate. Por outro lado, o Brasil conta com 159 operações estrangeiras. Do Japão, consta apenas o Kumon, do setor educacional, com mais de 1,5 mil unidades no país. Para estreitar relações com o Brasil, pela primeira vez na história uma missão de empresários japoneses do setor desembarca durante a 25ª ABF Expo Franchising, no Expo Center Norte, em São Paulo, entre os dias 15 e 18 de junho. Executivos das redes de lámem YS Foods e Tentakaku Inc., a fabricante de utensílios de mesa Wasara e as consultorias M’s Planning e Franchise Research & Strategy Institute, vão marcar presença no Espaço Japão, coordenado pela Japan External Trade Organization (JETRO) e Japan Franchise Association (JFA) com o objetivo de iniciar a atuação dessas marcas no mercado de franquias no Brasil.

Postagens mais visitadas deste blog

FINANÇAS PESSOAIS: CINCO SINAIS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM 2020

DEMANDA POR SMARTLOCKERS CRESCE 30% NA LOGÍSTICA DO E-COMMERCE

Coronavírus: como as decisões dos governos afetam nosso bolso?