BR CONSÓRCIOS APRESENTA CRESCIMENTO DE 11% NAS VENDAS DURANTE O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 NO PAÍS

Agosto 2017 – A aquisição de cartas de crédito para o consórcio de automóveis, imóveis e motos está se tornando uma forma segura para a construção de patrimônio dos brasileiros, já que muitas pessoas ainda não adquiriram o hábito de poupar mensalmente. O levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), divulgado no último dia 10, aponta que as vendas de novas cotas de consórcios cresceram 7,8% nos primeiros seis meses deste ano em comparação a igual período de 2016. Foram vendidas 912,5 mil unidades de janeiro a junho de 2017, contra 846,3 mil no ano passado. O volume de negócios atingiu R$ 36,3 bilhões, acréscimo de 24,7% em relação aos R$ 29,1 bilhões negociados no ano anterior.

Com mais de 70 mil clientes ativos em todo o país, as vendas gerais da BR Consórcios (www.brconsorcios.com.br) alcançaram 11% de aumento durante o primeiro semestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo Rodolfo Montosa, diretor-geral da BR Consórcios, alcançaram um aumento de 11% no período.

Ele explica que o segmento de automóveis alcançou 15% de aumento em relação ao primeiro semestre de 2016. O consórcio de imóveis aumentou em 9,32% as vendas primeiros seis meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

O tíquete médio das vendas de cotas para automóveis foi de R$ 36 mil. No mesmo período de 2016 foi de R$ 32 mil. O de consórcio de imóveis foi de R$ 150 mil em 2017, enquanto que em 2016 chegou a R$ 133 mil. A média geral nos últimos meses atingiu a marca de R$ 45 mil.

O bom resultado, de acordo com Montosa, faz a BR Consórcios projetar 26% de crescimento nas vendas neste ano, em cima dos atuais canais de distribuição, com investimentos para novas parcerias e aumento da estrutura que giram em torno de R$ 10 milhões. No geral, cerca de 70% das vendas de consórcios de imóveis e automóveis são adquiridos pelo público masculino e 30% pelo feminino nas duas categorias. (Texto desenvolvido por Anna Karina Spedanieri).

Postagens mais visitadas deste blog

FINANÇAS PESSOAIS: CINCO SINAIS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM 2020

DEMANDA POR SMARTLOCKERS CRESCE 30% NA LOGÍSTICA DO E-COMMERCE

Coronavírus: como as decisões dos governos afetam nosso bolso?