Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

ATIVA LOGÍSTICA ADQUIRE A EMPRESA TRANSMODEL E INICIA ATUAÇÃO NO SEGMENTO DE TRANSPORTE AÉREO

Imagem
•O objetivo dessa transação é oferecer ainda mais agilidade para mais de mil clientes do mercado farmacêutico atendidos pela Ativa em todo o território nacional
•Mesmo com crise econômica no país, a Ativa pretende crescer 15% neste ano no canal farma
•Investimento da Ativa em uma nova empresa ocorreu para atender o bom momento do setor farmacêutico, que faturou mais de R$ 75 bilhões em 2015, volume 14,11% maior do que o registrado no ano anterior

Fevereiro de 2016 – Na contramão da crise econômica, a Ativa Logistica, um dos maiores operadores logísticos de medicamentos e cosméticos no Brasil, aumentou seu faturamento em 18% no ano passado. E para continuar crescendo, a empresa realiza mais investimentos e acaba de adquirir a empresa Transmodel (www.transmodel.com.br). Segundo o presidente da Ativa Logística, Clóvis A. Gil, a aquisição da Transmodel veio para impulsionar ainda mais os negócios oferecendo agilidade no prazo de entrega aos nossos parceiros do mercado farmacêutico. Alé…

Mesmo com a crise econômica, Japão aposta no Brasil

Em 2014, segundo o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), o Japão figurou como o segundo principal parceiro comercial do Brasil na Ásia e o sexto no mundo (quinto principal destino das exportações brasileiras e sétima fonte de importações). O Japão foi, em 2014, a quinta maior fonte de investimento estrangeiro direto (IED), com fluxo de investimentos de US$ 3,7 bilhões (contra US$ 2,5 bilhões, em 2013). O estoque de investimentos japoneses por aqui totalizava US$ 28,3 bilhões, em 2013. Apesar da retração econômica, e consequentemente da queda do consumo interno, o Brasil ainda é um bom mercado para as companhias do Japão.É o que pensam 14 pequenas e médias empresas daquele país, que, com apoio da (JETROhttp://www.jetro.go.jp/brazil), vão participar da 52ª International Brazilian Gift Fair, entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, no Expo Center Norte, na capital paulista, para fazer negócios. Um dos maiores parceiros comerciais do Brasil na Ásia, o Japão tem planos em aume…

CLASSE C DIMINUI CONSUMO DE SUPÉFLUOS E PRIORIZA CADA VEZ MAIS ITENS DA CESTA BÁSICA, DESTACA PESQUISA NIELSEN

•Consumo de produtos de Limpeza, Higiene e Beleza, Bebidas Alcoólicas e Não Alcoólicas, Perecíveis e outros itens de Mercearia caiu 0,7% em volume de vendas, de junho a agosto de 2015
•No período, quase 60% das categorias supérfluas perderam penetração na classe C
•Atacarejo é o canal que mais ganha novos compradores no país

São Paulo, novembro de 2015 - A pesquisa Tendências Nielsen (janeiro a agosto/2015) aponta que o consumo da cesta de produtos de Limpeza, Higiene e Beleza, Bebidas Alcoólicas/Não Alcoólicas, Perecíveis e outros itens de Mercearia, caiu 0,7% em volume de vendas. Na comparação entre junho a agosto de 2015 com o mesmo período de 2014, houve uma queda ainda maior, de 2,9% no volume de vendas das cestas de alimentos citadas acima. Segundo Paula Valadão, analista de mercado da Nielsen, a cesta de produtos analisada pela empresa deve ter uma retração de até 1,8% no fechamento de 2015. O destaque ficou para o segmento de Higiene e Beleza, que consegue crescer por marcas…

MARCA PRÓPRIA SE TORNA OPÇÃO PARA CONSUMIDORES EM UM CENÁRIO NÃO TÃO OTIMISTA, APONTA NIELSEN

•Até agosto de 2015, o segmento de Marcas Próprias no Autosserviço (supermercados) no país movimentou mais de R$3,6 bilhões, um aumento de 6,1% na comparação com o mesmo período de 2014.

•Apesar dos dados de crescimento, produtos de Marcas Próprias ainda tem muito espaço para crescer e conquistar de vez o bolso do brasileiro nos canais Farma, Atacarejo e Autosserviço (supermercado).

•Categorias de maior destaque em Marcas Próprias foram as que tiveram maior intensidade promocional, como Bronzeadores, Água de Coco, Água Mineral e Lenços Umedecidos.

Mesmo com o orçamento das famílias mais enxuto, produtos de Marcas Próprias, conhecidos como mais acessíveis economicamente, ainda têm muito espaço para avançar, mesmo com resultados positivos. Segundo pesquisa Nielsen, de agosto de 2014 a agosto de 2015, o segmento de Marcas Próprias no Autosserviço (supermercados) movimentou mais de R$3,6 bilhões no país, um aumento de 6,1% na comparação com o mesmo período de 2014. Entretanto, o aumen…

EM ÉPOCA DE DESACELARÇÃO ECONÔMICA, USO DE CARTÃO DE CRÉDITO GANHOU 2,5 MILHÕES DE NOVOS LARES NO BRASIL

Com menor renda para o consumo, as famílias brasileiras optam por mais facilidades de pagamento

São Paulo, novembro de 2015 – Desemprego em alta, moeda brasileira desvalorizada e projeção de inflação de até 10% para 2015 deixam o consumo das famílias brasileiras cada vez mais “reprimido”. O especialista em estudo sobre consumidores da Nielsen, Jefferson Silva, esclarece que o aumento dos gastos com saúde, impostos e educação, também são responsáveis pela queda da valorização da renda familiar, dificultando o acesso ao consumo de alimentos e outros produtos. Com esse cenário, o uso do cartão de crédito é uma opção cada vez mais utilizada.

Segundo a atual pesquisa Nielsen “O Consumidor e as Formas de Pagamento no Brasil” - oportunidades para o mercado de cartões - no primeiro semestre de 2015, o uso de cartões de crédito no Brasil ganhou 2,5 milhões de novos lares. Já a utilização de cartões de débito também merece destaque, visto que mais de 3 milhões de novos lares usufruem essa fo…

COM PAIS DISPOSTOS A GASTAR COM SEUS BEBÊS, MERCADO GLOBAL DE FRALDAS DEVE ULTRAPASSAR 29 BILHÕES DE DÓLARES EM 2015

•Seguindo a tendência de preço como nos outros países ocidentais, no Brasil, com a economia em desaceleração, as vendas de fraldas cresceram 24% no atacarejo no período de um ano
•Já em relação aos alimentos, mais de um terço dos entrevistados globais informaram que uma boa nutrição (37%) e ingredientes seguros/menos processados (36%) são os mais importantes atributos ao decidir a compra do produto para o bebê

Os pais sempre querem o melhor para seus filhos – desde a comida até as fraldas, e estão dispostos a gastar com isso. Com base nesse comportamento identificado pela Nielsen, em todo o mundo, as vendas de fórmulas infantis podem chegar a US$ 30 bilhões em 2015 e o mercado de fraldas deve ultrapassar US$ 29 bilhões, de acordo com a pesquisa Global Nielsen OH, Baby – Tendências nos mercados de comidas para bebês e fraldas realizada entre 23 de fevereiro e 13 de março de 2015 com internautas de 60 países que fizeram uma compra de cuidados para bebês nos últimos cinco anos.No Brasi…

MESMO EM TEMPOS DE CRISE, HOMENS SE MOSTRAM VAIDOSOS E DESEMBOLSAM MAIS EM PRODUTOS DE CUIDADOS PESSOAIS

•Produtos de necessidades básicas para o público masculino teve um aumento de 2,3% em volume de vendas no período de junho de 2014 a junho de 2015
•Entre produtos de necessidades ocasional, hidratante para o corpo é destaque entre homens de 19 a 25 anos, tendência que aponta para um estilo mais vaidoso no futuro
•O público masculino foi responsável por 35% dos gastos dos itens de Higiene e Beleza, entre shampoo, condicionador, tintura, lâminas, sabonete, desodorante, face care, body care e perfumes

Segundo o último Estudo Global de Confiança do Consumidor da Nielsen, 18% dos homens brasileiros acreditam que a economia deve melhorar nos próximos 12 meses, sendo que apenas 11% das mulheres têm a mesma opinião. No cenário de consumo, 46% deles acreditam que vivem o momento certo para comprar coisas que desejam, pois são mais confiantes e economizam mais. Diante desses índices, onde será que os homens brasileiros estão desembolsando mais? Segundo pesquisa Nielsen sobre o Mercado Masculi…

ATIVA LOGÍSTICA ADQUIRE A EMPRESA TRANSMODEL E INICIA ATUAÇÃO NO SEGMENTO DE TRANSPORTE AÉREO

•O objetivo dessa transação é oferecer ainda mais agilidade para mais de mil clientes do mercado farmacêutico atendidos pela Ativa em todo o território nacional
•Mesmo com crise econômica no país, a Ativa pretende crescer 15% neste ano no canal farma
•Investimento da Ativa em uma nova empresa ocorreu para atender o bom momento do setor farmacêutico, que faturou mais de R$ 75 bilhões em 2015, volume 14,11% maior do que o registrado no ano anterior

Fevereiro de 2016 – Na contramão da crise econômica, a Ativa Logística, um dos maiores operadores logísticos de medicamentos e cosméticos no Brasil, aumentou seu faturamento em 18% no ano passado. E para continuar crescendo, a empresa realiza mais investimentos e acaba de adquirir a empresa Transmodel (www.transmodel.com.br). Segundo o presidente da Ativa Logística, Clóvis A. Gil, a aquisição da Transmodel veio para impulsionar ainda mais os negócios oferecendo agilidade no prazo de entrega aos parceiros do mercado farmacêutico. “Além do t…

ATIVA LOGÍSTICA CRESCE 18% EM 2015 E INAUGURA UNIDADES EM RESENDE E JUIZ DE FORA

Companhia estima crescer 15% neste ano; unidade de Juiz de Fora favorece o transporte da produção da Medquímica e a de Resende, as entregas para a Raia Drogasil, em Barra Mansa
• Investimento da Ativa acompanha o bom momento do setor farmacêutico, que faturou mais de R$ 75 bilhões em 2015, volume 14,11% maior do que o registrado no ano anterior
• Quantidade de unidades de medicamentos comercializadas também cresceu (7,38%), passando de 3,1 bilhões em 2014 para 3,4 bilhões no ano passado


Fevereiro de 2016 – Em 2015, o varejo farmacêutico faturou mais de R$ 75 bilhões e comercializou 3,4 bilhões de unidades de medicamentos, volumes 14,11% e 7,38% maiores em comparação com o ano anterior, respectivamente, de acordo com dados da consultoria IMS Health. Com mil empresas atendidas em todo o território nacional, a maioria dos segmentos de medicamentos e cosméticos, a Ativa Logistica (www.ativalog.com.br) acaba de inaugurar duas novas unidades operacionais próprias nas cida…