Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

VAREJO BRASILEIRO É UM DOS QUE MAIS TEM PERDAS NO MUNDO

Imagem
JANEIRO/2017 – As perdas nas atividades de comercialização de bens associadas a roubos, furtos e problemas operacionais atingiu a marca de 2,25% do faturamento líquido das empresas varejistas brasileiras, conforme estudo anual divulgado em dezembro/2016 pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). Doces e bebidas (quase 50%) nos supermercados e calças e tênis nas lojas de moda são os itens mais furtados no varejo nacional.

As perdas gerais no varejo brasileiro são substancialmente maiores do que as registradas em outros países. Nos Estados Unidos, por exemplo, elas correspondem a 1,27%; na Holanda, chegam a 1,48%; na Finlândia, 1,38%; na Alemanha estão em 1,08%; na Noruega, 0,75%; no Reino Unido, 0,89%; na Espanha, 1,33%; e no Japão, 1,35%.

Hoje, porém, o Brasil tem tecnologias e formas de gestão de equipe e processos que podem diminuir as perdas no varejo em até 80%. Em períodos de crise econômica, é vital investir em tecnologia para reduzir as pe…

GESTÃO PARA RESULTADOS É A APOSTA DAS EMPRESAS EM TEMPOS DE CRISE

JANEIRO 2017 - De janeiro a junho de 2016, cerca de 1.098 empresas fecharam suas portas no país, consequência dos impactos da crise econômica, segundo levantamento da Boa Vista SCPC - Serviço Central de Proteção ao Crédito. O número representa um aumento de 26,5% sobre o total de empresas que pediram falência no primeiro semestre de 2015. Ao final de 2016, muitas empresas contabilizaram quedas nas vendas, prejuízos com operações e faltou até mesmo dinheiro para pagar fornecedores. Para mudar esse cenário, muitas empresas estão “entregando” o comando do seu negócio a consultorias especializadas em gestão para resultados, explica Luiz Muniz, fundador da Telos Resultados e ex-sócio da Falconi Consultores de Resultado.

“Isso acontece não apenas pela somatória das várias causas políticas que conhecemos, mas também por causas técnicas que envolvem dentre tantas, deficiência em gestão que aumenta os desperdícios dos recursos, elevam-se os custos, perde-se a capacidade de realizar a venda e…

SOFTWARE BRASILEIRO OTIMIZARÁ O TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE CONTABILIDADE ATRAVÉS DA ROBOTIZAÇÃO DE TAREFAS

Imagem
JANEIRO/2017 - Segundo o Conselho Federal de Contabilidade, existem hoje no Brasil 491 mil profissionais registrados e 82 mil escritórios de contabilidade ativos. Os profissionais de contabilidade possuem uma rotina com muitas tarefas, processos e anotações. Em muitos casos, muitas dessas atividades não são entregues dentro do prazo. Diante desse desafio, Sérgio Contente, idealizador do projeto e fundador da Contmatic Phoenix, empresa líder no fornecimento de softwares contábeis e de gestão (ERP) no Estado de São Paulo, acaba de criar o Robomatic, um software totalmente inovador no Brasil, capaz de gerenciar e executar inúmeras tarefas diárias dos escritórios de contabilidade. O lançamento do Robomatic ocorrerá no dia 08 de dezembro, no Centro de Convenções Rebouças, capital Paulista. O sucesso do software foi tão grande que nesse dia, ocorrerão diversas apresentações para atender toda a demanda de empresários contábeis que já estão interessados na ferramenta.

Desenvolvido com base n…