Postagens

FacilityLog ensina como desenvolver o modelo de transporte e logística ideal para o seu negócio

Imagem
Formada por profissionais com mais de 20 anos de experiência nos mercados de transportes e logística, a FacilityLog (www.facilitylog.net) tem hoje como principal missão, o desenvolvimento de processos para que embarcadores identifiquem o melhor modelo de gestão do transporte e logística para o seu negócio.

Sua expertise envolve desde a escolha de transportadoras, precificação das atividades de transporte, análises fiscais, projetos de armazenagem, auditorias de fretes, tecnologias de gestão, controles e acompanhamentos, até a produção de relatórios de performance de todas as atividades para a construção de um modelo eficiente de gestão e governança do transporte e logística. Todos os dados gerados são compilados para o aperfeiçoamento das atividades que podem gerar novas demandas, processos e até a integração do destinatário ao negócio.

A FacilityLog já atendeu mais de 50 embarcadores com grandes projetos nos setores de eletroeletrônicos, têxtil, autopeças, químicos, brinquedos, v…

8 dicas para não cair nas armadilhas do cartão de crédito

Imagem
FEVEREIRO 2020 - A taxa média do rotativo do cartão de crédito subiu 0,6 ponto percentual em dezembro de 2019 na comparação a novembro de 2019, chegando a 318,9% ao ano, segundo dados recentes divulgados pelo Banco Central (BC). Em 2019, o crescimento foi 33,5 pontos percentuais. A taxa estava em 285,4% ao ano no fim de 2018. A taxa média é formada com base nos dados de consumidores adimplentes e inadimplentes.

Na opinião da educadora financeira, Carol Stange, os juros dos cartões de crédito no país ainda são os maiores do mundo, mesmo com a queda dos juros da taxa básica de juros (SELIC). “Cartão de crédito não é vilão, mas se você souber utilizá-lo, perceberá que ele é um excelente aliado para a organização financeira, caso contrário, ele sempre será um inimigo, até a pessoa aprender a controlá-lo”.

A seguir, confira 8 dicas de Carol Stange, para você não cair nas “armadilhas” do cartão de crédito e que vão ajudar no controle de suas finanças.


• Não tenha “coleção” de cartão de créd…

ARTIGO: ACOSTUME-SE COM AS “OSCILAÇÕES” DA BOLSA DE VALORES

Imagem
* Por Caio Fernandez, CEO da IVEST

Não é novidade que investir na Bolsa de Valores virou moda! Afinal, o Ibovespa teve uma valorização de 25% em 1 ano (base 13/01/2020) e muitas ações com mais de 181% de valorização. Vale lembrar que alguns anos atrás tínhamos uma taxa de juros de aproximadamente de 14% ao ano. Qualquer renda fixa que trouxesse ganhos de 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) poderia render facilmente 1% ao mês.

Porém, o cenário agora é diferente! Com uma taxa de juros próxima a 4,5% ao ano, hoje, o investidor precisa optar por investimentos mais arriscados para almejar um retorno maior. Neste cenário, entram os investimentos em ações e fundos mais agressivos, como os multimercados.

Percebo que muitas pessoas nunca tiveram a experiência de investir nessa modalidade, logo não estão acostumadas com a famosa volatilidade, ou seja, fortes altas ou quedas do patrimônio. A oscilação do patrimônio, se adequada ao perfil de investidor, pode ser de certa forma sau…

FacilityLog ensina como desenvolver o modelo de transporte e logística ideal para o seu negócio

Imagem
Formada por profissionais com mais de 20 anos de experiência nos mercados de transportes e logística, a FacilityLog (www.facilitylog.net) tem hoje como principal missão, o desenvolvimento de processos para que embarcadores identifiquem o melhor modelo de gestão do transporte e logística para o seu negócio.

Sua expertise envolve desde a escolha de transportadoras, precificação das atividades de transporte, análises fiscais, projetos de armazenagem, auditorias de fretes, tecnologias de gestão, controles e acompanhamentos, até a produção de relatórios de performance de todas as atividades para a construção de um modelo eficiente de gestão e governança do transporte e logística. Todos os dados gerados são compilados para o aperfeiçoamento das atividades que podem gerar novas demandas, processos e até a integração do destinatário ao negócio.

A FacilityLog já atendeu mais de 50 embarcadores com grandes projetos nos setores de eletroeletrônicos, têxtil, autopeças, químicos, brinquedos, …

DICAS PARA USO DO CHEQUE ESPECIAL EM 2020

Imagem
FEVEREIRO 2020 – As novas resoluções do Banco Central autorizam que os bancos cobrem pelo limite de crédito disponibilizado no cheque especial e também reduzam os juros da modalidade, que poderão ser de no máximo 8% ao mês (próximo de 150% ao ano). Para quem obter limite do cheque especial acima de R$500,00, o banco cobrará a tarifa de 0,25%.As regras já valem para contas correntes abertas a partir desde o último 06 de janeiro e para quem já tinha cheque especial, a cobrança ocorrerá em 1º de junho.

Na opinião da educadora financeira, Carol Stange, mesmo com as novas regras de cobrança do limite do cheque especial, seu uso ainda é muito caro! “ A nova regra não faz com que o cheque especial entre no rol das opções possíveis de crédito. A redução da taxa de juros mensal para 8%, ainda assim significa 151% de juros ao ano e os bancos terão direito de cobrar também uma tarifa para disponibilizarem limites acima de R$ 500,00, ou seja, o correntista está sujeito à uma cobrança adicional mes…

FINANÇAS PESSOAIS: CINCO SINAIS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM 2020

Imagem
DEZEMBRO DE 2019 – Segundo a pesquisa “Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo” da Boa Vista, específico sobre o uso do 13º salário, caiu o percentual de consumidores que irão usar a renda extra neste fim de ano para quitar dívidas. Em comparação ao levantamento de 2018, houve uma queda de 45% para 33% no número de respondentes que irão usar o dinheiro do 13º salário para pagar as contas já existentes, ou seja, uma diminuição de 12 pontos percentuais.

A boa notícia é que 22% pretendem poupar os recursos. Destes, 21% pretendem poupar até 30% do valor recebido. 17% conseguirão guardar entre 30% a 50% do valor, e subiu de 26% para 31% aqueles que pretendem guardar mais de 50%. Em média os consumidores pretendem poupar até 38% do 13º salário. Por outro lado, 31% dos entrevistados não conseguirão poupar nada, contra 37% registrados em 2018 e 33% em 2017.

Na opinião da educadora financeira, Carol Stange, mesmo com os bons resultados da pesquisa citada acima, ainda existem muitos brasile…

Entenda sobre os 4 fatores que interferem no ato de poupar

Imagem
NOVEMBRO 2019 - O ato de poupar representa um significado para cada pessoa, assim como para cumprir um desejo de longa data, deixar um emprego que não se gosta e criar o seu próprio negócio, para se sentir mais protegido e independente ou simplesmente para deixar um legado para a geração seguinte. A educadora em finanças pessoais, Carol Stange, destaca que poupar dinheiro para o futuro é difícil para todas as classes sociais.

Segundo ela, é importante não se culpar caso não consiga guardar dinheiro com frequência, pois existem quatro fatores que interferem diretamente no ato de poupar, assim como desenvolvimento de novos hábitos, fortalecimento (ou a criação) de disciplina, atual cenário econômico do país e o consumo como reflexo do sucesso financeiro.

Em sua opinião, novos hábitos são difíceis de serem implementados, porém, não impossíveis, mas demandam atenção constante, principalmente no início da mudança comportamental. A disciplina será responsável pela continuidade do planejam…

ESPECIALISTAS ENSINAM COMO INICIAR NO MERCADO DE INVESTIMENTOS E COMO TER UMA RENTABILIDADE SEGURA

Imagem
OUTUBRO DE 2019 - A taxa Selic, hoje em 5,5% ao ano, está no menor patamar da história. O mercado financeiro aposta que ela pode chegar até 4% no final de 2019. Com esse cenário, as opções de renda fixa pós-fixadas trazem menor retorno para o investidor fazendo com que outros investimentos se tornem mais atrativos, explica Caio Fernandez, CEO da IVEST, consultoria de investimentos e consultor de investimentos CVM (Comissão de Valores Mobiliários).Quando a taxa SELIC está em tendência de queda, é importante investir em produtos com taxas pré-fixadas. “Hoje, por exemplo, é possível, escolher produtos com rendimento “garantido” de 7% ao ano (com vencimento para até 5 anos), visto que quanto mais a taxa SELIC cair, melhor será a vantagem de quem apostou em uma pré-fixada, Caio Fernandez.

E para as pessoas que desejam entrar no mercado de investimentos? A educadora em finanças pessoais, Carol Stange, explica que isso depende do momento de vida, objetivos e o quanto está disposto a assumir …

ESCOLAS BRASILEIRAS DEVEM INCLUIR CONCEITOS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA BNCC

Imagem
Todas as escolas brasileiras devem estar totalmente adaptadas às diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), entre elas, a resolução de problemas dentro do contexto da Educação Financeira. A partir de dezembro de 2019, podem ser discutidos assuntos como taxas de juros, inflação, aplicações financeiras (rentabilidade e liquidez de um investimento) e impostos”, afirma a BNCC, que favorece um estudo interdisciplinar envolvendo as dimensões culturais, sociais, políticas e psicológicas, além da econômica, sobre as questões do consumo, trabalho e dinheiro”.

Segundo Silvia Alambert , educadora financeira, membro da IACSEE (International Association for Citizenship Social & Economics Education), licenciada e a única detentora para ministrar o programa The Money Camp® no Brasil, essa iniciativa abre caminhos para novos profissionais que desejam atuar na aplicação de conceitos da educação financeira para jovens e crianças, até mesmo nas escolas, treinamentos e workshops. “Acredito …

ESPECIALISTA EM FINANÇAS PESSOAIS JÁ ATENDEU MAIS 1,5 MIL ADULTOS E CRIANÇAS

Imagem
A maioria dos brasileiros não tem acesso à educação financeira durante o período escolar, principalmente sobre consumo consciente, tipos de crédito e o uso do dinheiro para uma vida equilibrada a longo prazo. Além disso, hoje, com as facilidades de compras, novas formas de crédito atreladas ao desemprego e economia enfraquecida, muitas pessoas não conseguem planejar e ter o controle dos seus gastos.

Diante da volatilidade da economia brasileira, Carol Stange, educadora em finanças pessoais, com mais de 30 mil seguidores que acompanham seus posts diários, destaca que nos últimos meses, obteve um aumento significativo na quantidade de pessoas que buscam por mentoria financeira. “Independente da classe social e faixa etária de idade, as pessoas estão buscando cada vez mais informações sobre novos comportamentos que possam ajustar sua vida financeira, com hábitos mais conscientes de gastos e consumo, além de alternativas de investimentos”, destaca Carol Stange.
Ao longo dos seus 15 ano…